Concurso poderá ser aberto para repor efetivo da GCM

Concurso poderá ser aberto para repor efetivo da GCM

Vereador Tonho (PSD) pede abertura de concurso público para GCMComo o efetivo da Guarda Civil Municipal (GCM) de Ferraz de Vasconcelos encontra-se bastante reduzido, na atualidade, o vereador (foto) Antonio Carlos Alves Correia (PSD), o Tonho propõe a abertura de concurso público pela administração da cidade para recompor o quadro de servidores da corporação local. Na realidade, ele fez um requerimento ao Poder Executivo questionando a respeito dessa situação preocupante.

O documento destinado a Prefeitura Municipal também assinado pelo colega Claudio Ramos Moreira (PT) foi aprovado, por unanimidade, na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 10. Para Tonho, o baixo número de guardas pode estar contribuindo para aumentar a onda de vandalismo contra próprios públicos, entre eles, escolas, creches e postos de saúde.

A ocorrência de furtos estaria acontecendo nesses locais, principalmente, aos finais de semana e feriados. Na prática, os estabelecimentos públicos precisam de vigilância 24h por dia. Nos bastidores comenta-se que o efetivo da GCM, hoje, chega há um pouco mais de metade que outrora passava de mais de 115 homens. A situação agravou-se ainda mais com a cessão de 21 guardas para atuar no Corpo de Bombeiros, em junho deste ano.

Além disso, também contribui como complicador os pedidos de afastamentos por motivos de saúde, particulares, férias regulares e desvios de função. “O fato é que o governo municipal precisa, urgentemente, realizar concurso público para tentar resolver o problema da falta de efetivo na GCM”, diz Tonho. Já o presidente da Câmara Municipal, Luiz Fábio Alves da Silva (PSDB), o Fabinho elogiou o companheiro por cobrar a criação de concurso público para a corporação.

Por Pedro Ferreira.