You are currently viewing Vereador questiona falta de conserto de viaturas do Samu

Vereador questiona falta de conserto de viaturas do Samu

Vereador Tonho (PSD) questiona atraso no conserto de viaturas do SamuO andamento do processo de licitação para o conserto de viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Ferraz de Vasconcelos está sendo questionado pelo vereador (foto) Antonio Carlos Alves Correia (PSD), por meio de um requerimento feito na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 15. Além disso, o parlamentar cobra uma explicação sobre a compra de uniformes para os servidores do órgão.

Na semana passada, Tonho pediu informações ao Poder Executivo porque somente uma parte de funcionários está fazendo o apontamento de entrada e saída do horário de trabalho como, por exemplo, enfermeiros, auxiliares e agentes administrativos na área da Saúde. Em contrapartida, na Secretaria Municipal da Educação há fortes indícios de que nem todas as escolas dispõem de relógio de apontamento.

No fundo, nesse setor apenas os funcionários administrativos estão marcando a entrada e saída do trabalho todos os dias, porém, professores e ocupantes de cargos em comissão não fazem o mesmo tipo de procedimento. Por isso, a situação causa muito descontentamento por parte de servidores da Educação. O requerimento é assinado ainda pelos vereadores Claudio Ramos Moreira (PT), Edson Elias Khouri (PSB), o Edson Cury e Maria Simplício Nascimento (PT).

Os mesmos autores questionam também a redução da jornada de trabalho de 40h para 30 horas semanais para enfermeiros e auxiliares e, ao mesmo tempo, como anda os estudos relacionados ao plano de cargos e carreira de professores municipais. Eles destacam que a falta de adoção dessas ações provocam insatisfação nas categorias mencionadas Agora, a Prefeitura da cidade tem um prazo de 15 dias para responder aos quatro requerimentos.

Por Pedro Ferreira.