You are currently viewing Árvore coloca em risco à vida de pedestres na Vila Bianchi

Árvore coloca em risco à vida de pedestres na Vila Bianchi

Árvore gigante leva risco a moradores na Vila BianchiA presença de uma árvore cujos galhos (foto) estão muito próximos da fiação elétrica num terreno situado na altura do número 285 da Rua Olavo Bilac, na Vila Bianchi, em Ferraz de Vasconcelos, pode causar um acidente há qualquer momento. Por isso, para evitar algo mais grave, o vereador Marcos Antonio Castello (SDD), o Ratinho, quer que a Prefeitura Municipal faça a poda da árvore. O pedido dele em forma de indicação poderá ser lido na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 30, a partir das 18h.

Além disso, dentro da mesma sugestão, Ratinho vai solicitar também ao governo municipal para que o mesmo notifique o proprietário do respectivo terreno visando proceder à limpeza do local, incluindo a da própria calçada. Segundo o parlamentar, o imóvel particular encontra-se abandonado, ou seja, cheio de entulhos (foto-abaixo) para dissabor de moradores e pedestres em geral. Além de provocar mau cheiro, a existência de ratos e de outros animais nocivos à saúde humana também preocupa os munícipes.

Para Ratinho, devido à densa vegetação no local, isto é, na calçada, os transeuntes estão sendo obrigados a andar no meio da via pública, o que só aumenta o risco de acidentes como, por exemplo, sofrer atropelamentos. A saída mais adequada é a municipalidade acionar o dono do terreno para que o mesmo tome as devidas providências. Afinal, o cidadão não pode continuar sendo penalizado por conta da falta de ação de terceiros e muito menos do poder público.

Entulhos invadem calçada na Vila BianchiNa segunda-feira, Ratinho pretende ainda propor a realização de uma operação tapa-buraco em toda à extensão da Rua Olavo Bilac, tendo em vista, que aquela importante via pública havia muito tempo não passa por manutenção de sua camada de asfalto. Com isso, a buraqueira vem criando inúmeros transtornos não apenas aos motoristas, assim como, aos moradores e pedestres de um modo geral. Portanto, o vereador torce por uma atitude rápida do Poder Executivo.

Por Pedro Ferreira.