You are currently viewing Câmara Municipal aprova projeto que autoriza à soltura de balão ecológico

Câmara Municipal aprova projeto que autoriza à soltura de balão ecológico

Na Tribuna, vereador Tonho defende a soltura de balão ecológicoEm primeira discussão, a Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos aprovou o projeto de lei que autoriza a confecção, o transporte e a soltura de balões ecológicos e sem fogo, na terça-feira, dia 29. Com isso, a matéria de autoria do vereador (foto- na Tribuna) Antonio Carlos Alves Correia (PSD), o Tonho, porém, assinada pelo restante dos colegas espera ser votada em segundo turno para ir à sanção do prefeito municipal. O texto poderá ser apreciado em segunda e última discussão na próxima sessão ordinária, na segunda-feira, dia 4, a partir das 18h.

O chamado balão ecológico e sem fogo é um equipamento inflado com o ar quente oriundo da queima de gás de cozinha por pequenos maçaricos. Neste caso, o papel do balão absorve a luz solar esquentando o produto. O interessante é que esse tipo de balão não representa nenhum risco de acidente por ser, totalmente, biodegradável. O artefato é confeccionado em papel de seda entre 20 e 25 gramas, com tamanho mínimo de 12 e máximo de 24 metros. O projeto prevê que o Comando da Aeronáutica (Comaer), por intermédio do seu Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) é a autoridade competente para definir o espaço e os horários para à soltura.

Além disso, os baloeiros precisarão apresentar às autoridades locais, ou seja, as Polícias Militar, Florestal ou Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo a documentação de órgãos municipais, estaduais e federais para confirmar a autorização para a soltura de balões em face do espaço aéreo. Já a segurança do local ficará sob a responsabilidade do Corpo de Bombeiros Militar e da Guarda Civil Municipal (GCM). Para Tonho, a medida além de proporcionar momentos de lazer também vai contribuir com a geração de empregos em geral. Ele agradeceu o apoio de todos os vereadores em plenário.

O vereador Clenilson Lima Dias (PSDB), o Quequê, garantiu que vai propor a inclusão do festival de balonismo no calendário oficial de eventos do município. Na mesma linha, o parlamentar Marcos Antonio Castello (Solidariedade) sugeriu ainda que o festival seja realizado na semana de aniversário da cidade, em outubro. Por fim, os vereadores Willians Santos (PSB), o Willians do Gás, Claudio Ramos Moreira (PT), Ana Acilda Alves da Silva (PV), a Ana do PV, Maria Simplício Nascimento (PT), Luiz Tenório de Melo (PR) e o presidente da Câmara Municipal, Luiz Fábio Alves da Silva (PSDB), o Fabinho, também enalteceram a regulamentação da soltura de balão ecológico no município.

                                                                                             Vigília

Baloeiro Zinho Pipas exibe balão ecológico na Câmara MunicipalDurante o processo de votação mais de 50 adeptos do balonismo local, regional e estadual estiveram presentes, entre eles, o principal incentivador do projeto de lei na cidade (foto) Waldemar de Assis Furriel Slechticius, o Zinho Pipas, aliás, ele não esconde a emoção. Segundo ele, somente em Ferraz de Vasconcelos mais de 200 munícipes gostam de soltar balão ecológico. A matéria conta também com o apoio incondicional da Associação Brasileira de Baloeiros Ecológicos (ABB), de São Paulo. No Brasil, a fabricação e a soltura de balão convencional estão proibidas desde 1998.