You are currently viewing Presidente pede a prorrogação da Comissão do Corredor Metropolitano

Presidente pede a prorrogação da Comissão do Corredor Metropolitano

O presidente da Comissão de Assuntos Relevantes (CAR) da Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos criada para acompanhar os trâmites do futuro Corredor Metropolitano que ligará o município a Poá, a Itaquaquecetuba e a Arujá, vereador (foto)Vereador Tonho pede prorrogação de comissão de assuntos relevantes Antonio Carlos Alves Correia (PSD), o Tonho, pediu a prorrogação dos trabalhos por mais dois meses. O requerimento foi aprovado, na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 05.  O grupo foi criado em abril deste ano.

 Para Tonho, a construção do Corredor Metropolitano Alto Tietê pelo governo estadual deverá afetar, diretamente, os moradores da Rua Albino Francisco de Figueiredo, na Vila Santa Margarida. Por isso, todo o Poder Legislativo está atento para evitar eventuais prejuízos aos munícipes em questão. Afinal, segundo ele, estão previstas várias desapropriações e a maioria dos proprietários não possui a documentação necessária.

“Na realidade, para a execução do projeto, o governo de São Paulo vai precisar efetuar algumas demolições de casas e, neste caso, os seus donos poderão ser prejudicados com as obras”, explica Tonho. O vereador deixa claro que não é contra a construção do Corredor Metropolitano que será sem dúvida alguma uma obra viária muito importante para os quatros municípios, porém, tudo necessita ser feito com o devido cuidado para evitar perdas aos moradores envolvidos.

Além de Tonho, a comissão é composta pelos seguintes vereadores Willians Santos (PSB), o Willians do Gás, Henrique Marques, Ana Acilda Alves da Silva (PV), a Ana do PV e Maria Simplício Nascimento (PT). Já o presidente da Câmara Municipal, Luiz Fábio Alves da Silva (PSDB), o Fabinho, afirmou que a referida comissão atua como um canal junto ao governo estadual para tratar sobre o assunto. Ele manteve contato recente com um dos responsáveis pelo projeto Evandro Losaco que se colocou à inteira disposição do grupo para eventuais esclarecimentos.