You are currently viewing Crianças até 12 anos podem pagar meia tarifa de ônibus aos sábados, domingos e feriados

Crianças até 12 anos podem pagar meia tarifa de ônibus aos sábados, domingos e feriados

Vereador Willians do Gás (PSB), quer  meia-passagem a crianças até 12 anosDepois de toda a polêmica envolvendo o recente reajuste na tarifa de ônibus de R$2,80 para R$3,30, em Ferraz de Vasconcelos, o vereador (foto) Willians Santos (PSB), o Willians do Gás, está propondo a Prefeitura Municipal para que estude junto à empresa concessionária Radial o fornecimento de bilhetes por meio dos quais crianças de seis a 12 anos de idade pagariam apenas a metade da passagem aos sábados, domingos e feriados. A sugestão ocorreu na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 20.

Para o autor, a disponibilização de bilhetes a referida faixa etária tem respaldo jurídico no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em vigor, no País, há mais de 20 anos. A medida, segundo Willians do Gás, serviria para proporcionar a locomoção de crianças de seis a 12 anos aos locais de lazer, entre outros. De acordo com o vereador, a empresa Radial parece só pensar em lucro financeiro e não no retorno social ao cidadão que paga por uma das tarifas mais caras na Região do Alto Tietê.

Além disso, Willians do Gás aproveitou para criticar a péssima qualidade do serviço prestado no transporte público coletivo local pela concessionária. “Acredito que ao fornecer bilhetes às crianças de seis a 12 anos, a empresa Radial não irá quebrar as suas finanças” aponta. Já o presidente da Câmara Municipal, Luiz Fábio Alves da Silva (PSDB), o Fabinho, garantiu que a concessionária deve contribuir com a cidade. No entanto, o tucano alertou o autor da proposta que a sugestão poderá encontrar obstáculo legal para ser adotada.

O vereador Silas Faria de Souza (PSD) elogiou a atitude de Willians do Gás, porém, lamentou o fato de a empresa Radial ter derrubado duas vezes na Justiça o direito ao passe livre de sua autoria assegurado aos idosos de 60 a 65 anos. Por sua vez, Luiz Tenório de Melo (PR) destacou que apesar de prometida, a Radial não cumpriu a última contrapartida assumida, no ano passado, entre elas, a instalação de pontos de ônibus e do GPS. O Petista Claudio Ramos Moreira também atacou o comportamento da empresa concessionária.