You are currently viewing Pastor Nelson quer fiscalização mais rígida contra motoristas que usam estacionamento exclusivo

Pastor Nelson quer fiscalização mais rígida contra motoristas que usam estacionamento exclusivo

Vereador Pastor Nelson defende fiscalização maior contra  motoristas desrespeitososPresidente da Comissão Permanente dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CPDPD) da Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos, o vereador (foto) José Nelson Ferreira (PRB), o Pastor Nelson, tem sido um defensor intransigente desse segmento da sociedade. Recentemente, ele pediu ao Departamento de Trânsito Municipal (DTM) para que intensifique a fiscalização para proibir motoristas a estacionar em locais exclusivos a pessoa com deficiência.

No fundo, esse tipo de comportamento por parte de alguns condutores expõe o quanto a falta de respeito ainda impera no dia-a-dia. Por isso, o Pastor Nelson tem insurgido de maneira constante contra prática tão desrespeitosa a pessoa com deficiência, no município. “Na realidade, não basta o cidadão apenas achar que a pessoa com deficiência tem os seus direitos garantidos em lei, mas, também cobrar das autoridades o seu verdadeiro cumprimento como tenho feito”, explica o Pastor Nelson.

Segundo ele, a ausência de compreensão de motoristas que insistem em utilizar vagas exclusivas de estacionamento para pessoas com deficiência e idosos no município é um procedimento bastante comum. “No mês passado, recebi um e-mail de um munícipe muito indignado contra esse total descaso. No texto, ele sugere inclusive que a Prefeitura Municipal aumente o número de vagas exclusivas, sobretudo, no centro da cidade, o que, de fato, concordo”, comenta o Pastor Nelson.

Sabedor dos seus direitos e, ao mesmo tempo, preocupado em encontrar uma solução definitiva para o caso, o cidadão propõe ainda que o Poder Executivo faça uma semana de conscientização de uso de vagas exclusivas de estacionamento para pessoas com deficiência e idosos. Em suma, o morador deseja somente que o agente público cumpra a legislação pertinente ao assunto, isto é, que assegure o fiel cumprimento das suas garantias legais no cotidiano.