You are currently viewing A partir deste ano, Ferraz terá o feriado do Dia da Consciência Negra

A partir deste ano, Ferraz terá o feriado do Dia da Consciência Negra

Vereador Tonho lutou pelo feriado do Dia da Consciência NegraDepois de muita expectativa, finalmente, a Prefeitura Municipal de Ferraz de Vasconcelos decidiu transformar a data 20 de novembro em feriado municipal do Dia da Consciência Negra. O projeto de lei com essa finalidade foi enviado a Câmara Municipal pelo prefeito, Acir dos Santos (PSDB), o Acir Filló, na segunda-feira, dia 23. A criação do feriado em homenagem a Zumbi dos Palmares vinha sendo reivindicada pelo vereador (foto) Antonio Carlos Alves Correia (PSD), o Tonho desde o mandato anterior.

No fundo, o prefeito local havia prometido a institucionalização tão logo fora eleito, no ano passado. Para o Poder Executivo, o feriado municipal do Dia da Consciência Negra serve como um momento de reflexão sobre a importância da cultura e da influência do povo africano, no Brasil. Afinal, os negros contribuíram e continuam dando seu legado a história, a política, a gastronomia e religião, entre outros, segmentos em todo o País.

Ao estabelecer o feriado municipal do Dia da Consciência Negra, Ferraz de Vasconcelos junta-se na região do Alto Tietê as cidades de Suzano, de Arujá, de Santa Isabel e da Guarulhos, assim como, a capital paulista,  a do Rio de Janeiro a de Santo André, no ABC paulista. No País, mais de 780 municípios já decretaram feriado municipal, em 20 de novembro.  A matéria poderá ser aprovada em primeiro turno já na próxima sessão ordinária, na segunda-feira, dia 29, a partir das 18h.

Para Tonho, a homenagem a Zumbi dos Palmares será um marco na história do município. Por isso, ele aproveita para em nome de toda a comunidade negra local agradecer ao prefeito, Acir Filló. “Vamos providenciar um grande evento no dia 20 de novembro para festejarmos essa importante data”, disse Tonho. Além disso, em breve, o vereador deverá apresentar a sociedade em geral o futuro Conselho Municipal do Negro. “O apoio da comunidade negra tem sido fundamental nesta luta”, conclui Tonho.