You are currently viewing Claudio Squizato apresenta pacote de indicações para o Poder Executivo

Claudio Squizato apresenta pacote de indicações para o Poder Executivo

Vereador Claudio Squizato faz indicações a PrefeituraEm sua segunda sessão ordinária, na segunda-feira, dia 15, o vereador suplente (foto) Claudio Roberto Squizato (PSB) apresentou 11 indicações e um requerimento, todos os documentos para a Prefeitura Municipal de Ferraz de Vasconcelos. Claudio Squizato assumiu o cargo por 30 dias no lugar de Edson Elias Khouri (PSB), o Edson Cury, que, pediu licença para tratar de assunto particular, no entanto, o titular poderá voltar ao batente na sessão ordinária, no dia 29, às 18h.

Dentro do pacote de sugestões para o Poder Executivo destaca-se a troca de lâmpadas comuns por de “LED”, nos Viadutos Ayrton Senna, no centro, e Vereador João Batista Camilo Neto, na Vila Santo Antonio. Além disso, Claudio Squizato pediu ainda a realização da operação tapa-buraco nas Ruas Jorge Amado, no Jardim Ione, e na Álvaro do Alto, na Vila Cristina, assim como, a colocação de uma lombada na Rua Augusto da Fonseca em frente à Unidade Básica de Saúde Mario Squizato, na Vila das Nações.

O socialista propôs também para a administração a limpeza do terreno dentro da Escola Estadual Ignês Corrêa Allen situada entre as esquinas das Ruas Raimundo Magrini e Ribeira do Iguape, na Vila das Nações. Claudio Squizato indicou ainda a instalação de uma proteção e a manutenção na pista de skate, na Vila São Paulo, de um guard-rail sobre o muro de arrimo da Rua Ayrton Senna, na Vila Cristina e a instalação de uma sala de raio-x e de gesso em postos de saúde municipais.

Por fim, o vereador quer ainda a readequação de um ponto de ônibus na Avenida Brasil, 958, no centro, o encaminhamento de um projeto de lei para regulamentar a circulação de veículos de tração animal e propulsão humana, no município, e requereu o cumprimento da Lei Municipal nº 2.899/2009, que instituiu o Código Ambiental da cidade. Na prática, Claudio Squizato questiona o fato de a Prefeitura Municipal não colocar em ação a Guarda Ambiental, isto é, uma guarnição da Guarda Civil Municipal (GCM).