Fabinho destaca a nova versão da Frente Municipal de Trabalho

Fabinho destaca a nova versão da Frente Municipal de Trabalho

Fabinho enaltece nova Frente de TrabalhoO presidente da Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos, vereador (foto) Luiz Fábio Alves da Silva (PSDB), o Fabinho, afirmou que a nova versão da Frente Municipal de Trabalho irá, de fato, atender os munícipes que precisam trabalhar, temporariamente, no município. O texto de autoria do Poder Executivo foi aprovado em segunda e última discussão, na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 11.

Na prática, Fabinho faz uma crítica pública à maneira como funcionava o programa na gestão anterior. Para ele, até o ano passado, os bolsistas eram contratados em sua maioria não para atuar em repartições locais, mas sim, como verdadeiros cabos eleitorais. “Em 2012, os beneficiados foram obrigados a trabalhar na política e depois do pleito, o então chefe do Executivo mandou todo mundo embora”, comenta Fabinho.

Além disso, Fabinho atacou a falta de condições mínimas de trabalho de bolsistas citando, por exemplo, que alguns não utilizavam Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) mesmo exercendo atividades insalubres. “Agora, os trabalhadores vão receber todo o apoio necessário, caso contrário, serei o primeiro a ir à tribuna para questionar o atual prefeito e companheiro de partido, Acir dos Santos, o Acir Filló”, diz.

A nova fase da Frente Municipal de Trabalho que vai atender até 400 pessoas também ganhou elogios de Ana Acilda Alves da Silva (PV), a Ana do PV, Antonio Carlos Alves Correia (PSD), o Tonho, Claudio Ramos Moreira (PT), o Claudio Ramos, Roberto Antunes de Souza (PMDB) e Willians Santos (PSB), o Willians do Gás. Enfim, de um modo geral, a Casa parabeniza a administração pela iniciativa.

Os futuros bolsistas devem trabalhar durante 8h por dia, sendo quatro dias por semana e um dedicado a curso de qualificação profissional durante seis meses prorrogáveis por igual período. Os beneficiados receberão R$592,00 mensais, cesta básica e seguro contra acidentes. Eles serão escolhidos por meio de um processo seletivo simplificado. Já os atuais 150 bolsistas continuam garantidos no programa.

Compartilhe nas Redes Sociais:
Fechar Menu