You are currently viewing Após pedido, prefeita decide prorrogar o pagamento da cota única ou da 1ª parcela do IPTU

Após pedido, prefeita decide prorrogar o pagamento da cota única ou da 1ª parcela do IPTU

Por solicitação do vereador Claudio Ramos Moreira (PT), na última sexta-feira, dia 11, a prefeita de Ferraz de Vasconcelos, Priscila Gambale (foto), resolveu prorrogar o vencimento da cota única ou da primeira parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) do próximo dia 20 para até 31 de março. O decreto nº 6.562 foi publicado no Boletim Oficial do Município (BOM), na terça-feira, dia 15.

De acordo com a decisão, o contribuinte que pagar o tributo à vista terá um desconto de 10%. Em contrapartida, quem optar pela quitação parcelada em até dez vezes não ganhará nenhum tipo de bônus. Além disso, o governo deixa claro que os vencimentos das demais parcelas permanecem inalterados, isto é, vão seguir as datas fixadas no decreto nº6.500, de 13 de dezembro de 2021. Enfim, continua no dia 20 de cada mês.

Já Claudio Ramos aproveitou para parabenizar e, ao mesmo tempo, agradecer à prefeita municipal por aumentar o prazo de pagamento da primeira etapa do IPTU. Para tanto, o petista disse que com o surgimento da pandemia da Covid-19, a economia em geral tem sido afetada e, portanto, contribui para ampliar o desemprego no país e reduzir a renda do trabalhador. “Em Ferraz, o povo é formado em sua maioria por carentes”, diz.

O parlamentar (foto) acrescentou ainda que a crise sanitária prejudica a todos e, sobretudo, as pessoas das classes menos favorecidas da sociedade que luta bravamente para garantir o seu sustento diário e, no entanto, nem sempre conseguiu nestes últimos anos ou meses, com o agravamento da pandemia. Em 2022, a Prefeitura estima arrecadar em torno de R$32 milhões com o IPTU.

Por Pedro Ferreira, em 14/03/2022.