Ex-vereador Primo Ceará a recebe 1ª homenagem oficial

Ex-vereador Primo Ceará a recebe 1ª homenagem oficial

Passado um pouco mais de um ano de sua morte, em 14 de abril do ano passado, o ex-vereador Lairton Dantas Pessoas, o Primo Ceará (foto) vai receber a primeira homenagem póstuma oficial para eternizar o seu nome, na cidade. Trata-se da denominação do antigo campo de futebol do Bahia situado na Rua Miguel Dib Jorge, 178, esquina com a Rua Geraldo Damião da Silva, no Jardim Castelo.

O merecido reconhecimento ao ex-parlamentar que morreu de maneira precoce, de infarto fulminante, aos 58 anos, em pleno exercício do cargo partiu de sua sucessora, a vereadora Roseli Aparecida Messias Ferreira (PRB), a Rose Fitness (foto), porém, o projeto de decreto legislativo também foi assinado pelo restante da Câmara Municipal. O texto foi aprovado em primeira discussão na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 6.

Para ela, Primo Ceará foi um verdadeiro exemplo de esposo, pai, de ser humano generoso e de homem público, de fato, preocupado com o bem-estar de sua gente. “Apesar do sentimento de saudade que ele nos deixou, sinto-me honrada por liderar esse tributo ao saudoso Primo Ceará. Por isso, desde já, agradeço a sua querida família por emprestar o seu nome ao campo de futebol, no Jardim Castelo”, diz Rose. Por ironia, tinha o hábito de bater uma bolinha no local (foto) aos finais de semana.

A vida e a carreira política dele foram exaltadas na tribuna da Câmara pela maioria dos vereadores. Para eles, o ex-parlamentar marcou o seu nome na história local justamente por seu jeito humilde e cativante como tratava a todos. “O Primo Ceará só praticou o bem ao seu próximo”, explicam. A matéria volta à pauta em segundo turno, na segunda-feira, dia 13, a partir das 18h. Depois, texto vai para a sanção do Poder Executivo.

Primo Ceará ganhou esse apelido por ter morado, em Senador Pompeu (CE), porém, ele nasceu em São Miguel (RN). Como milhares de nordestinos, veio para São Paulo, no final da década de 70. Na capital paulista, residiu no início no Jardim Brasil, na zona norte. Em 1990, mudou-se para Ferraz, onde montou barzinho, hoje, um mercado, no Jardim Castelo. Primo Ceará deixou a esposa Erivanda Sousa e os filhos Larissa, Rafael e Tiago. A família (centro) e amigos acompanharam a votação na segunda-feira.

Por Pedro Ferreira, em 09/05/2019.

Compartilhe nas Redes Sociais:
Fechar Menu