Câmara aprova questionamento ao sistema de Zona Azul

Depois de um intenso debate, a Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos aprovou em única discussão e, por unanimidade, um requerimento pedindo informações de como foram feitos os estudos de viabilidade técnica para aumentar o número de vagas de estacionamento rotativo, a chamada Zona Azul. A votação da matéria liderada pelo vereador Claudio Ramos Moreira (PT) ocorreu na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 11.

Para o petista (foto), o questionamento visa dar mais transparência ao contrato assinado, em 2015. Além disso, ele cobrou da municipalidade como é realizada a fiscalização da concessão pública válida por cinco anos. No seu contexto inicial, o acordo firmado prevê a criação de até 429 vagas de estacionamento rotativo, porém, com a expansão, sobretudo, para vias públicas na periferia da cidade como é o caso da região do Parque São Francisco esse número tende a crescer bastante, em breve.

Durante a discussão, Claudio Ramos fez questão de destacar que não possui nada contra o sistema de Zona Azul implantado, na cidade, no entanto, precisa apenas saber como seu o atual modelo de ampliação na quantidade de vagas disponíveis. Por sua vez, o colega de partido, José Aparecido Nascimento, o Aparecido Marabraz (foto-abaixo) apresentou um adendo ao requerimento para que a Casa seja informada sobre o montante arrecadado, em 2018, e qual o valor repassado a Prefeitura Municipal.

Além da dupla de petistas, o assunto também foi abordado na tribuna pelos vereadores, Antonio Marcos Atanazio (MDB), o Marcos BR, Flavio Batista de Souza (PTB), o Inha, Claudio Roberto Squizato (PSB), Eliel de Souza (PR), o Eliel Fox, Luiz Fabio Alves da Silva (MDB), o Fabinho, Alexandre Barboza dos Santos (PDT), o Professor Xandão, Silas Faria de Souza (PSD) e Hodirlei Martins Pereira (PPS), o Mineiro. Para eles, pode estar havendo algum exagero na atual expansão do sistema.

Por Pedro Ferreira, em 12/02/2019.

Veja Também

Marcos BR e Renatinho querem a anistia de juros e multas

Assim como aconteceu até a metade de março do ano passado, a Prefeitura de Ferraz …