Pastor Nelson insiste com a conclusão de muro na Vila Cristina

A luta política do vereador José Nelson Ferreira (PRB), o Pastor Nelson (foto) para evitar o desmoronamento de um trecho de mais ou menos 20 metros de extensão no lado direito no sentido centro-bairro em frente ao número 50 da Rua Ayrton Senna, na Vila Cristina, em Ferraz de Vasconcelos, começou em 2016. Porém, apesar da cobrança permanente, o setor competente da municipalidade pouca coisa fez no período para impedir por completo o sumiço do leito carroçável da citada via pública. 

Na segunda-feira, dia 29, o parlamentar voltou a cobrar providências e, ao mesmo tempo, a alertar a administração da cidade sobre o real perigo que estão correndo moradores e motoristas. Na tribuna da Casa, o Pastor Nelson demonstrou toda a sua indignação com o descaso como está sendo tratado o assunto pelo Poder Executivo mesmo fazendo parte da base aliada do governo. Segundo ele, a cada dia que passa o barranco continua caindo, o que pode afetar inclusive casas próximas.

No requerimento, ele exige quais medidas estão sendo adotadas para conter o desmoronamento no local, se Prefeitura Municipal pretende contratar uma empreiteira para concluir o murro de arrimo começado, em 2016, e em caso positivo o nome de firma, o valor estabelecido ou previsto para obra. Além disso, o vereador quer saber a previsão de início e do término dos trabalhos. Agora, depois de ser comunicado, o Poder Executivo tem 15 dias para enviar as respostas.

Na semana passada, o vereador esteve no bairro e, novamente, fora questionado por munícipes porque a Prefeitura Municipal nada faz para finalizar um murro de arrimo (foto). Aliás, a propósito, o Pastor Nelson disse que conversou sobre a obra com o secretário, Antônio Carlos dos Santos Ferreira, o Carlinhos, mas ficou somente na promessa. Pare ele, o custo financeiro do serviço gira em torno de R$90 mil. “Na realidade, é um verdadeiro absurdo o governo local não executar aquela obra”, diz.

                                        Força-tarefa

Além do Pastor Nelson, o vereador licenciado por motivo de saúde, Ananias Coelho (PSL), o Neto Cambiri também apoia a reivindicação dos moradores da Rua Ayrton Senna desde o início do ano passado. Na época, em resposta, a administração municipal apenas colocou barras de concreto para impossibilitar o tráfego de carros e diminuiu o leito carroçável a quase a metade. Em setembro do corrente, foi à vez de Eliel de Souza (PR), o Eliel Fox pedir a conclusão do muro de contenção.

Por Pedro Ferreira, em 30/10/2018.

Veja Também

Nicolas questiona o possível fechamento de creche

Alertado por um grupo de mães preocupadas com a situação, o vereador Agílio Nicolas Ribeiro …