Vereador Renatinho leva “caso Etec” ao Ministério Público

O vereador ferrazense Renato Ramos de Souza (PPS), o Renatinho Se Ligue protocolou uma denúncia no Ministério Público (MP), a respeito do prédio da antiga Escola Técnica Estadual (Etec), na Vila Jamil, que se encontra abandonado desde o início deste ano. O pedido de providência ao MP aconteceu na última terça-feira, dia 16.De acordo com o documento, o prédio se encontra totalmente depredado, acumulando lixo nas dependências e ao redor do local. O vereador visitou o lugar acompanhado de alunos (foto) da instituição.

Ainda segundo o oficio, a situação atual do prédio possibilita a infestação de insetos prejudicais a saúde. Para Renatinho, os pedidos pacíficos de atenção ao prédio foram diversos, entretanto, a Prefeitura da cidade não demonstrou nenhuma ação até o momento, desse modo pedindo medidas mais sérias. “Desde o início do ano estamos solicitando que decisões sejam tomadas em relação ao prédio, mas basta passar em frente para perceber que nossas solicitações foram completamente ignoradas”, relatou Renatinho.

A denúncia revela ainda que o governo municipal está ferindo, sobretudo, o artigo 107 da Lei Orgânica do Município (LOM), que diz: “a administração dos bens municipais cabe ao prefeito, desse modo, o abandono do prédio representa a negligência e falta de zelo pelo bem público”. Ainda de acordo com o vereador, é triste saber que um espaço que poderia dar lugar a outros equipamentos públicos se encontra nesse estado.

“Para voltar a ser utilizado, o prédio terá que ser praticamente reconstruído.  É desanimador saber que tudo aconteceu por mero descaso. Uma perca para a cidade” finaliza. Por sua vez, diversos requerimentos e indicações foram encaminhados a administração local solicitando soluções, de autoria do parlamentar ou subscritas, como o caso de cobranças dos vereadores Antonio Marcos Atanazio (MDB), , o Marcos BR, José Aparecido Nascimento (PT), o Aparecido Marabraz e Eliel de Souza (PR), o Eliel Fox, contudo,  nenhuma solução foi apresentada até o momento.

Por Pedro Ferreira e assessoria do vereador, em 19/10/2018.

Veja Também

Nicolas questiona o possível fechamento de creche

Alertado por um grupo de mães preocupadas com a situação, o vereador Agílio Nicolas Ribeiro …