Recesso parlamentar deverá começar no próximo dia 1º

Conforme prevê o Regimento Interno (RI) da Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos, os vereadores ficam de recesso parlamentar durante todo o mês de julho. Com isso, à volta sessão ordinária ocorre no dia 06 de agosto, a partir das 18h. Em contrapartida, no período, o atendimento nos gabinetes continua normalmente, assim como no setor administrativo da Casa.

Em todo caso, o presidente do Poder Legislativo, Flavio Batista de Souza (PTB), o Inha (foto) informa a sociedade em geral que a abertura dos gabinetes é uma decisão exclusiva do vereador e, portanto, pode acontecer de algum parlamentar não abrir a sua sala, mas a tradição indica ao contrário. A dica então é que o cidadão interessado em conversar com o vereador faça contato antes de dirigir-se a Câmara Municipal.

“Na realidade, o munícipe precisa saber que a Casa não fecha as suas portas durante o período de recesso parlamentar seja ele agora, em julho, e no final de ano. No fundo, no tempo de “férias” dos vereadores ficam suspensas apenas as sessões ordinárias, às segundas-feiras e audiências públicas de comissões competentes”, diz o presidente Inha.

No primeiro semestre, os vereadores apresentaram 627 indicações para a administração da cidade, aprovaram 100 requerimentos em sua maioria para o Poder Executivo, sete moções de aplauso e elaboraram 25 projeto de lei. Além disso, o plenário votou dez matérias de autoria do governo municipal e cinco da Mesa Diretora da Casa.

Por sua vez, na última sessão ordinária deste primeiro semestre, na segunda-feira, dia 25, o plenário aprovou, entre outras, matérias a que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do município para o exercício de 2019. O texto é uma preparação da Lei Orçamentária Anual (LOA) a ser enviada a Câmara pelo Executivo até o dia 30 de setembro do corrente. Para o ano que vem, Ferraz estima uma receita de R$316 milhões.

Por Pedro Ferreira, em 28/06/2018.

Veja Também

Marcos BR lamenta o descaso com o antigo prédio da Etec

Depois de travar uma luta sem trégua nos últimos meses para convencer a Prefeitura de …