Primo Ceará quer rede coletora de esgoto no Jardim Alexandre

Apesar de toda a modernidade, sobretudo, no campo tecnológico, lamentavelmente, ainda existem pessoas morando sem o mínimo de infraestrutura básica no cotidiano. Um exemplo dessa carência de saneamento básico tão essencial à saúde do cidadão em geral está acontecendo com os habitantes da Rua Ovídio do Carmo a partir do número 123, no Jardim Alexandre, em Ferraz de Vasconcelos.

Na prática, os munícipes daquela via pública não dispõem de uma rede coletora de esgoto, assim como, não contam com o serviço de uma galeria de captação de águas pluviais. Com isso, em dia de chuva forte, os moradores sofrem com a falta de escoamento adequado, isto é, ficam sujeitos a ter as suas casas alagadas e, ao mesmo tempo, arcar com prejuízos materiais de um modo geral adquiridos  com enorme sacrifício.

Sabedor da justa reivindicação da comunidade, o vereador Lairton Dantas Pessoa (PRB), o Primo Ceará (foto) decidiu apresentar um requerimento a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 17. No documento, o parlamentar pede providência à empresa visando à instalação da galeria de águas pluviais e da rede coletora de esgoto na Rua Ovídio do Carmo.

Além disso, na oportunidade, ele pediu ainda a Sabesp a possibilidade de a empresa concessionária também desenvolver estudos para efetuar o prolongamento da rede de água, a partir do número 123 da mesma via pública. Agora, Primo Ceará aguarda uma resposta oficial da estatal paulista positiva para acabar com a penúria dos moradores que há muito tempo lutam por esse direito básico.

Por Pedro Ferreira, em 19/04/2017.

Veja Também

Fabinho critica o fim do Centro de Convivência do Idoso

Na esteira da polêmica sobre o fim das atividades do Centro de Convivência do Idoso …